segunda-feira, 11 de abril de 2011

Agora ou nunca.

Hoje acordei inteira. Migalhas? Pedaços? Não, obrigada. Não gosto de nada que seja metade. Não gosto de meio termo. Gosto dos extremos. Gosto dos dedinhos dos pés congelados ou do calor que me faz suar o cabelo. Não gosto do morno. Não gosto de temperatura-ambiente. Na verdade eu quero tudo. Ou quero nada. Por favor, nada de pouco quando o mundo é meu. Não sei sentir em doses homeopáticas. Sempre fui daquelas que falam “eu te amo” primeiro. Sempre fui daquelas que vão embora sem olhar pra trás. Sempre dei a cara à tapa. Sempre preferi o certo ao duvidoso. Quero que se alguém estiver comigo, que esteja. Mesmo que seja só naquele momento. Mesmo que mude de idéia no dia seguinte.
Larissa Mattos.

3 comentários:

  1. Flor eu adorei o post, nossa de onde você tira tanta inspiração? Amei eu também sou assim, não tenho medo de falar o que penso e sempre dou a cara à tapa...

    Beijos
    http://tudodmenina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Vc estava mesmo bastante inspirada,Larissa! O post ficou lindo e a pullip também tá linda!
    Bjs.
    http://teenagedream-mah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi
    sou a Mille, tou divulgando meu blog, descupa o encomodo, se tiver um
    tempinho dá uma olhadinha lá, pode seguir e comente tbm. bigada.
    http://parasempreleal.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Lembre-se, quando escrevemos um post, esperamos um comentário construtivo, com sua opinião sobre o assunto :*