sábado, 28 de maio de 2011

— Mas não é triste?
— O que?
— A tristeza…
— Claro que é. Céus, o nome já diz tudo: “tristeza”, de ficar triste.
— Eu sei. Mas continua sendo triste, a tristeza sendo vista de outro ângulo, se torna um precipício de onde você mesma se joga e tem medo de chegar ao chão. Se espatifar, se é que me entende. Ninguém quer ficar triste, mas arranja mil e um motivos pra se atirar do precipício, tem como entender?

4 comentários:

  1. É flor não tem como entender, gostei do post...

    Beijos
    @tudodmenina
    http://tudodmenina.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu realmente amei a parte: "a tristeza sendo vista de outro ângulo, se torna um precipício de onde você mesma se joga e tem medo de chegar ao chão."
    http://teenagedream-mah.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá querida adorei seu blog, adoraria receber sua visita em meu blog e se gostar por favor siga-me.
    Bjinhos muito obrigada!

    http://unhasdadanny.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Estou passando só pra cancelar nossa parceria! Pois indico os blogs parceiros aos leitores, porém quero que eles encontrem conteudo nos blogs! E o seu já faz tempo que está sem posts, e estou fazendo uma reforma na area de parceiros, então...

    Agradeço por tudo! Sucesso!
    Beijos, Camila
    http://desejoadolescente.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Lembre-se, quando escrevemos um post, esperamos um comentário construtivo, com sua opinião sobre o assunto :*